Wozniacki despacha Martic e pressiona Halep pelo número um mundial

Principal favorita, Caroline Wozniacki segue caminho com grande desaforo, em Auckland, na Nova Zelândia, amealhando mais um concludente triunfo, que a coloca nos quartos-de-final e lhe permite continuar a sonhar com o número um do mundo.

A dinamarquesa de 27 anos despachou, nesta madrugada de quarta-feira, a croata Petra Martic, número 90 do ranking WTA, por 6-2 e 6-2, em não mais do que 54 minutos de jogo. Para a sua prestação praticamente imaculada contribuíram aos 21 winners disparados, em contrapartida dos oito erros não forçados.

 

Assegurada a segunda posição da hierarquia mundial, com a desistência de Garbiñe Muguruza em Brisbane, Austrália, a ainda número três do mundo pressiona agora Simona Halep, que fica obrigada a vencer o encontro desta manhã em Shenzhen, frente a Ying-Ying Duan (91ª WTA), para garantir a liderança do ranking por mais uma semana. Um (surpreendente) deslize da romena deixaria as portas abertas para Wozniacki chegar ao primeiro lugar do pódio, em caso de vitória no torneio de Auckland.

Certo é, para já, que nos quartos-de-final, a jogadora escandinava defronta a norte-americana de 18 anos Sofía Kenin, 108.ª do ranking, que tirou do caminho Varvara Lepchenko (63° WTA) por 6-4 e 7-6.