[VÍDEOS] Reviravoltas, cãibras e quedas: as estafantes 4h22 de Verdasco e Nishioka em court

Fernando Verdasco sofreu para passar a primeira ronda na edição de 2018 de Roland Garros ao esbarrar no japonês Yoshihito Nishioka, que sucumbiu com os parciais de 6-7(4), 6-4, 6-3, 6-7(3) e 7-5 ao cabo de longas 4h22. O jogador espanhol sofreu uma queda na quarta partida que o levou a receber a visita do fisioterapeuta e ter-se-á ressentido das dores no resto do duelo, mas viu o adversário sofrer várias crises de cãibras quando estava a poucos pontos da vitória.

Sem nunca ter passado da quarta ronda no Grand Slam parisiense, Fernando Verdasco continua a ter dificuldades para se impôr em Paris e, desta vez, quase não passou do duelo inaugural perante o número 258 do mundo. Nishioka venceu uma primeira partida equilibrada mas depressa se viu a perder por dois sets a um, até ao momento em que o seu adversário, #35 ATP, sofreu uma queda que o terá afetado fisicamente.

Verdasco foi assistido na troca de lados seguinte à queda e manteve o tratamento nas pausas seguintes. Entretanto, e logo após vencer novo tiebreak que levou a decisão do vencedor para uma quinta partida, Nishioka foi também traído pelas cãibras, deitando por terra as vantagens de 4-1 e de 5-3.

Apesar de ter estado apenas a dois pontos de uma vitória histórica, o nipónico continuava com várias dificuldades a servir e a correr, abrindo caminho para a reviravolta do jogador mais experiente no court.

Game, set and match, o jogador de 34 anos avançou para a fase seguinte num dos encontros mais dramáticos da jornada, e que terminou com um grande abraço entre ambos.