Toni Nadal: «Em 2005, disseram-me que a carreira do Rafa tinha acabado. Ele tem dores todos os dias»

Os problemas físicos de Rafael Nadal são sobejamente conhecidos e as pessoas mais próximas do espanhol não fazem questão de omiti-los. É o caso de Toni Nadal, tio e eterno treinador do maiorquino de 32 anos, que contou o dia em que lhe disseram que o sobrinho nunca conseguiria ser ninguém. Foi há 13 anos…

“Em 2005, o Rafa tinha apenas 19 anos e teve um problema no pé. Tinha muitas dores e fomos a um especialista que nos disse que a sua carreira tinha basicamente acabado. Ele tinha tantas dores que muitos dos treinos nem sequer acabavam”, assume Toni, citado pelo ‘Tennis World’.

Toni Nadal, que agora se dedica à direção técnica da Academia do número um do Mundo, garante que o sobrinho tem dores… todos os dias. “Ele vive com dores e analgésicos desde muito jovem, desde 2005, e é por isso que dá tanto valor a tudo o que consegue ganhar. Ele chegou a dizer-me que preferia ganhar menos e ter menos dores.”