Nadal: «Ganhar 11 vezes nem sequer era um sonho. Era impossível pensar nisso»

Rafael Nadal continua a fazer o que continua a parecer impossível. Este domingo, venceu pela 11.ª vez Roland Garros, o torneio maior de terra batida, demonstrando, no final, não ter palavras para descrever tamanho feito.

“É incrível. Não consigo descrever aquilo que estou a sentir. Ganhar aqui 11 vezes nem sequer é um sonho, era impossível pensar em algo assim”, disse o número um mundial momentos depois de derrotar Dominic Thiem em três partidas.

“Ter este troféu comigo outra vez significa muito para mim”, acrescentou o maiorquino de 32 anos, atribuindo à sorte um papel de destaque na caminhada triunfante no Grand Sam parisiense. “Sinto-me um sortudo, porque há muitos jogadores que treinam e se esforça tanto como eu e não têm a sorte que eu tenho tido. Continuo a trabalhar, mas para conseguir o que consegui a sorte teve de estar do meu lado e só posso agradecer à vida por isso. Estou muito feliz”, concluiu Nadal.