João Sousa: «Triste com a forma como joguei hoje, mas não deixa de ter sido uma boa semana»

João Sousa, número um português e 58.º do ranking mundial, despediu-se esta quarta-feira do Masters 1000 de Paris, em França, com uma derrota na segunda ronda do quadro principal frente ao argentino Juan Martin del Potro, 17.º da classificação. Após a derrota, o vimaranense admitiu não ter apresentado o seu melhor ténis.

“Não foi um bom encontro da minha parte. Possivelmente acusei um pouco algum cansaço físico e mental, não consegui manter o nível com que tinha vindo a jogar nos encontros anteriores e a verdade é que não fiz um bom encontro”, começou por dizer Sousa, que saiu derrotado por 6-2 e 6-2, em 62 minutos.

“Triste com a forma que joguei hoje, mas não deixa de ter sido uma boa semana, com três encontros muito bons, um nível muito elevado. Estou contente por ter conseguido jogar a esse muito bom nível, independentemente da derrota de hoje”, sublinhou, aludindo ao facto de ter ultrapassado a fase de qualificação.

Sobre o autor
- Licenciado em Ciências da Comunicação - vertente de Jornalismo - pela Universidade Autónoma de Lisboa. Ténis é a minha vida. Colaborador do site Bola Amarela desde Dezembro de 2011.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *