Gonçalo Oliveira eliminado na estreia em Buenos Aires depois de uma das melhores semanas da carreira

Gonçalo Oliveira, número cinco português e a ocupar esta semana o seu melhor ranking de carreira (214.º), não conseguiu dar sequência ao bom momento vivido na semana passada, onde alcançou as meias-finais do challenger de Campinas, no Brasil, e foi afastado esta terça-feira na primeira ronda do torneio de Buenos Aires, na Argentina, igualmente de nível challenger.

Num encontro resolvido em duas partidas, Oliveira, que no Brasil cedeu para o futuro campeão Gastão Elias, caiu na estreia às mãos do jovem francês Maxime Janvier, de 20 anos e 288.º ATP, pelos parciais de 6-3 e 7-5, em 1h32. O português ainda recuperou de 2-5 para 5-5 no segundo set, mas acabou por não conseguir concluir a recuperação.

Apesar da derrota em singulares, Gonçalo Oliveira, treinado pelo seu pai Abílio, está ainda em prova na variante de pares, na qual faz dupla com o compatriota João Domingues. A dupla portuguesa encontra na primeira eliminatória a formação composta pelo brasileiro Fabrício Neis e o argentino Maximo Gonzalez, segundos pré-designados e campeões da variante em Campinas, na semana passada.

Quanto à vertente individual, o próximo torneio do portuense de 22 anos deverá ser a prova challenger de Cali, na Colômbia, que tem início na segunda-feira.

Fotografia: João Pires/Fotojump
Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *