Gastão pronto para a qualificação em Melbourne: «Já me sinto perfeitamente adaptado às condições»

Em 2017, Gastão Elias foi travado pelo carismático Nick Kyrgios na primeira ronda do quadro principal do Australian Open, mas este ano terá de ultrapassar a fase de qualificação para lá chegar. Número 114 da hierarquia ATP, o jogador natural da Lourinhã, de 27 anos, inicia a sua caminhada australiana esta quarta-feira e admite sentir-se preparado, uma vez que tem realizado “bons treinos”.

“Até agora tem corrido tudo bem. Tenho feito uns bons treinos e já me sinto perfeitamente adaptado às condições, embora estes dias tenha variado um pouco”, começou por dizer Elias ao ‘Bola Amarela’, não escondendo aquilo que quer alcançar. “Obviamente que o principal objetivo neste momento é passar a qualificação”, confessou.

Apesar do calor intenso que se tem feito sentir em território australiano, com as temperaturas a subirem aos 42ºC no passado sábado em Melbourne, Elias, que em 2015 e 2016 também precisou de jogar o qualifying em Melbourne, diz “lidar bem com isso”.

“No sábado esteve bastante calor, mas estes últimos dois dias tem estado bem mais fresco. Eu gosto de jogar com calor e normalmente até consigo lidar bem com isso, mas nunca se sabe”, rematou Gastão Elias, que durante o torneio estará a ser acompanhado pelo treinador Gonçalo Nicau.

Recorde-se que, para além de Elias, estão igualmente em jogo na fase de qualificação do Australian Open os portugueses João Domingues, Gonçalo Oliveira e João Monteiro. João Sousa, número um nacional que esta semana disputa o ATP 250 de Auckland, na Nova Zelândia, tem acesso direto ao quadro principal.

Sobre o autor
- Licenciado em Ciências da Comunicação - vertente de Jornalismo - pela Universidade Autónoma de Lisboa. Ténis é a minha vida. Colaborador do site Bola Amarela desde Dezembro de 2011.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.