Strycova arrasa WTA e Serena: «Ela diz que defende as mulheres? Isso é uma treta! Ramos é ótimo e cumpriu as regras»

Barbora Strycova, conhecida pela sua língua totalmente destravada, deu uma entrevista ao site checo ‘Sport CZ’ para comentar o incidente entre Serena Williams e o árbitro português Carlos Ramos, que acabou na polémica hoje conhecida. A atual 25.ª colocada do ranking mundial considera que o juiz luso apenas fez o seu trabalho.

“Ramos é duro, um dos melhores árbitros do Mundo. Ele fez o que tinha a fazer naquele encontro, pois ela ultrapassou completamente os limites. Ele deveria ter agido de forma diferente só por ela ser a Serena Williams? Acho curioso ela ter feito isto apenas quando está a perder”, disparou Strycova, com alguma ironia à mistura.

A checa garante ter ficado chocada com a argumentação de Williams e com a defesa do WTA. “Ela diz que fez aquilo para defender as mulheres? Isso é uma treta. Para os juízes é indiferente serem mulheres ou homens. Por comparação, nunca vi o Nadal gritar assim com um árbitro. Eu, que sou mulher, levo imensos warnings, e decerto que não é por ser melhor. A defesa do WTA deixou-me terrivelmente surpreendida. As regras vão mudar agora nos jogos da Serena? Se é assim então avisem-me.”

Defrontar Serena Williams (ou a irmã Venus) é, para Strycova, uma experiência à parte. “Elas andam sempre com os ‘cães’ atrás, o seu gangue. É estranho, porque isto é um desporto individual, mas já estou habituada.”