Sharapova desiste de Madrid e não se inscreve em Roma

O regresso de Maria Sharapova na época de terra batida parece cada vez menos provável. A russa, suspensa preventivamente devido a um controlo anti-doping positivo, continua sem saber a data em que vai ser decidido o tamanho da sua pena e, até lá, continua a ver-se forçada a desistir de torneios.

Este sábado, a russa de 28 anos confirmou a sua desistência da lista do WTA Premier Mandatory de Madrid, prova que venceu em 2013 e 2014. A antiga número um mundial também nem sequer se inscreveu no torneio de Roma, que se disputa na semana seguinte, onde a siberiana até defende o título alcançado em 2015.

Igualmente (e estranhamente) ausente de Roma vai estar a polaca Agnieszka Radwanska, número dois (a partir de segunda-feira três) WTA. A polaca é a única top 10 que não aparece na lista, por opção. Em 2015, Radwanska ainda se inscreveu mas desistiu dias antes do torneio.