Serena Williams proibiu Patrick Mouratoglou de falar sobre ela

Serena Williams, antiga número um do Mundo e principal favorita ao título em Wimbledon à entrada para as meias-finais, exigiu que o seu treinador francês Patrick Mouratoglou, que habitualmente fala (e muito) a vários órgãos de comunicação social sobre os torneios onde a americana está inserida, proferisse qualquer declaração sobre os seus encontros.

“Prometi-lhe que cumpria o que combinámos e não vou falar durante o torneio sobre qualquer assunto relacionado com ela. Para a Serena, ganhar Wimbledon é mais importante do que a minha liberdade de expressão e eu tenho de respeitar e concordar com isso”, confessou o francês em declarações ao ‘New York Times’.

Recorde-se que Mouratoglou criticou publicamente a atitude de Williams jogar pares em Roland Garros na sequência da desistência da norte-americana antes dos oitavos-de-final de singulares. Essas declarações não terão caído bem no seio da família Williams.