Roland Garros vai ter relógio no court durante o qualifying

Depois de garantir um aumento a rondar os 4 milhões de euros em prémios monetários, Roland Garros anuncia outra novidade para a edição deste ano daquele que é o próximo Grand Slam da temporada: a implementação do relógio no court durante a fase de qualificação.

O objetivo é controlar o tempo que os jogadores despendem entre os pontos, impedindo-os de ultrapassar os 25 possíveis. No quadro principal, o controlo do tempo será feito na fase inicial do encontro, à semelhança do que aconteceu no Open da Austrália. Têm um minuto para se dirigirem à rede para o sorteio, desde que entram no court e cinco minutos para se aquecerem. Depois disso, os jogadores têm um minuto para colocar a bola em jogo, sob pena de serem castigados com um warning.

A juntar a isso, o torneio apresente, este ano, um novo site e melhorias nos courts 7, 9 e 18.