Pouille volta a atacar a ‘nova’ Taça Davis: «Não temos que pensar só no Federer e no Nadal. Eles não vão jogar para sempre»

Continua a polémica sobre o possível novo formato da Taça Davis. Lucas Pouille, que recentemente se mostrou contra o possível desenho da maior competição de seleções da modalidade, voltou a falar sobre um dos temas mais polémicos do momento.

O tenista francês, que se apurou esta sexta-feira para a final do ATP 500 do Dubai, reforçou a sua ideia. “Se tivéssemos feito a final do ano passado entre a França e Bélgica em Singapura não tinham estado mais de 4 mil pessoas, enquanto que em França foi um autêntico sucesso, pois estiveram quase 27 mil espetadores. A Taça Davis é espetacular mas não gosto nada destas mudanças que querem implementar”, afirmou o gaulês, em declarações recolhidas pelo Sport360.

Na opinião de Pouille, o novo plano tem como objetivo trazer de volta à competição Roger Federer Rafa Nadal“O Roger e o Rafa não vão jogar para sempre e não temos que pensar só neles. Parece que estas mudanças são apenas para que eles voltem a jogar a competição. Eles não vão ficar por aqui nos próximos 15 anos, por isso não estou seguro de que esta seja a forma correta de fazer estas mudanças”, frisou Pouille, que pode estrear-se no top 10 caso vença a final de amanhã no Dubai.