Portugueses fazem história no ranking do World Padel Tour

Portugal escreveu mais uma bela página na história do padel mundial. E, desta vez, uma história escrita a quatro palas, a de Ana Catarina Nogueira, Diogo Rocha, Miguel Oliveira e Vasco Pascoal.

Com a temporada de 2016 a chegar ao fim, faltando apenas o Masters Final, em Madrid, o padel nacional colocou, pela primeira vez, quatro jogadores no top-100 do ranking do World Padel Tour (WPT). Ana Catarina Nogueira a mais destacada.

A jogadora do Sporting encerrou a época na 25º posição da hierarquia, liderada por Alejandra Bengoechea e Marta Marrero, e, além de ser a única representante nacional a disputar o circuito, é a primeira jogadora sem nacionalidade espanhola ou argentina a surgir no ranking. Aliás, no top-50 só duas jogadoras conseguem intrometer-se no domínio das duas potencias mundiais, Catarina Nogueira e a uruguaia Andreína Sarasúa, 34ª classificada.

“Não foi a classificação que ambicionava, pois essa era o top-20, mas estou muito satisfeita porque consegui manter-me no topo”, reconheceu ao Bola Amarela a atleta do Porto, que, em 2014, chegou a terminar o ano no 16º lugar. “Desde então o nível competitivo subiu muito. Além disso, eu a minha parceira tivemos bastante azar no sorteio dos quadros das primeiras provas da temporada, curiosamente as que davam mais pontos. E a partir daí, foi difícil superar e recuperar a confiança”, explicou Catarina que, em setembro, após o WPT de Sevilha ficou sem a habitual parceira e jogou os restantes torneios com diferentes jogadoras. “No entanto, quero salientar o trabalho feito pela equipa técnica, nomeadamente a minha treinadora Ana Rita Gomes, pelo máximo empenho para me ajudar a superar estas contrariedades”, frisou.

No circuito masculino o panorama é um bocadinho distinto mas, ainda assim, de assinalável evolução. Diogo Rocha alcançou aquilo que nunca nenhum outro português conseguiu antes. E o 68º lugar do atleta natural do Porto no “ranking” do WPT representa um feito inédito para o padel nacional, que conseguiu ver ainda mais dois jogadores, Miguel Oliveira, na 87ª posição, e Vasco Pascoal, no 95º posto, entre o top-100.

Sobre o autor
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *