Diogo Rocha: «Já merecíamos um resultado destes»

Diogo Rocha e António Luque garantiram esta quinta-feira o acesso à ronda internacional do Buenos Aires Master, depois da vitória na segunda ronda da prévia europeia, disputada em Madrid, diante Jorge Ruiz e José Carlos Gaspar, por duplo 6-4. E o triunfo, segundo o português, não poderia ter surgido em melhor altura.

“Já merecíamos/precisávamos um resultado destes”, confessou Rocha, 65º do ranking mundial, em declarações ao Bola Amarela. O atleta natural do Porto e Luque estrearam-se a jogar juntos no Lisboa Challenger, no último mês de maio, e alcançaram bons resultados até o espanhol contrair uma lesão na perna esquerda na primeira ronda do Múrcia Challenger. Antes, Rocha já havia feito inclusivamente história ao tornar-se no primeiro português a qualificar-se, na altura na companhia de Pincho Fernandez, com quem iniciou a temporada, para o quadro principal de um Masters, no caso o Miami Master.

“Estávamos a jogar muito bem quando o Luque se lesionou em junho. Ele teve que parar, eu casei e falhámos três torneios. Quando voltámos à competição acusámos um pouco a falta de ritmo e uma ou oura derrota abalou a nossa confiança”, comenta Diogo Rocha, referindo-se aos desaires sofridos nas derradeiras rondas de acesso ao quadro principal de Valladolid, Sevilha e Portugal Padel Master. “Isso começou a pesar”, reconhece.

Mesmo tendo disputado os oitavos de final do Helsingborg Challenger, na Suécia, e a primeira ronda do Open de Alicante, a dupla luso-espanhola reconhece ter sido a qualificação para a ronda internacional do Buenos Aires Padel Masters, a realizar dia 6 de novembro na Argentina, uma injeção de moral. “Uma imagem que fala por si. Abraço de alegria porque lutámos como uma equipa e ganhámos o acesso para o Master da Argentina. Grande parceiro”, destaca Antonio Luque nas redes sociais.

Diogo Rocha explica, por sua vez, ter o triunfo na segunda ronda da prévia ter surgido da estratégia planeada e concretizada diante Jorge Ruiz e José Carlos Gaspar esta quinta-feira em Madrid. “Sabíamos que era um encontro muito complicado, mas entrámos concentrados, com muita intensidade e com um bom plano tático. Jogámos muito bem durante todo o encontro e conseguimos estar por cima em quase toda a partida. O Luque fez uma grande exibição”, sublinha o jogador português já de regresso a Portugal para disputar, em Lisboa, o Campeonato Nacional ao lado de Miguel Oliveira.

Sobre o autor
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.