Nuno Marques confiante: «Temos de ganhar dois pontos e é possível»

O capitão Nuno Marques está confiante numa vitória frente à Ucrânia e a permanência no Grupo 1 da Zona Europa/África da Taça Davis, após o empate registado esta sexta-feira no primeiro dia da ronda inaugural do Playoff.

“Amanhã [sábado] temos de ganhar dois pontos e acho que isso é possível”, avançou Nuno Marques em declarações à Lusa, logo após os dois encontros de singulares disputados hoje no Campa Tennis Club, em Bucha, arredores de Kiev.

Enquanto João Sousa, o número um nacional e 49.º ATP, bateu Illya Marcheko (337.º ATP) e conquistou um ponto para a Seleção Nacional, Pedro Sousa, número dois português e 144.º no ‘ranking’ mundial, não conseguiu superar Sergiy Stakhovsky (142.º) e cedeu o outro ponto em discussão no primeiro dia da eliminatória.

“O João teve um encontro duro. Foi um primeiro ‘set’ bastante difícil frente a um adversário sólido, adaptado às condições, a jogar um bom ténis e consistente. Não entrou tão bem, teve mais dificuldades para impor o seu jogo, mas reagiu muito bem no início do segundo ‘set’ e a partir daí acho que se notou a superioridade do jogo dele”, avaliou o capitão português.