Nadal: «Não sou estúpido, não quero defrontar o Federer na final»

Rafael Nadal, número um mundial, fez este sábado a sua melhor exibição da semana para se qualificar para os oitavos-de-final de Wimbledon. O espanhol de 32 anos bateu o jovem australiano Alex De Minaur por 6-1, 6-2 e 6-4, marcando duelo na segunda-feira com Jiri Vesely, mas nem por isso está excessivamente confiante.

“Fiz um bom encontro, com alguns altos e baixos mas penso que subi o meu nível de jogo e derrotei um adversário que poderia ser perigoso. Estou contente por me qualificar para a segunda semana de Wimbledon, nem sempre tem sido assim”, lembrou o espanhol, que não chega aos quartos-de-final em Londres há sete anos.

Nadal rejeita ainda a vontade de reencontrar Federer numa eventual final este ano, 10 anos depois da épica de 2008 que lhe valeu o primeiro título no All England Club. “Não sou estúpido. Se chegar à final, prefiro que seja contra outro qualquer. De qualquer forma se lá chegar já será uma boa notícia, seja diante de quem for…”