Nadal fala sobre a reforma: «Sem a minha equipa e família, já me tinha retirado»

Rafael Nadal, acabado de conquistar o seu 11.º título em Roland Garros, assegurou esta quinta-feira que a sua carreira já teria chegado ao fim se não fosse pelo apoio que continua a ter das pessoas que lhe são mais próximas. O espanhol de 32 anos abriu o coração numa longa conversa com o ATP World Tour.

“Sou uma pessoa muito feliz com a família que tenho, com os meus amigos, com a minha equipa. Se eles não tivessem estado ao meu lado nos momentos mais difíceis eu ter-me-ia retirado há muito tempo”, confessou o espanhol, que ainda não pensa em ter filhos. “Formar família? Vai acontecer com naturalidade. Sempre pensei que aos 32 anos já estaria retirado e com uma família estável, mas as coisas não aconteceram dessa forma…”

Sobre o circuito, Nadal espera que nasça uma grande rivalidade entre Alexander Zverev e Dominic Thiem. “Eles é que têm de criar isso. Estão em condições de lutar pelos grandes títulos, são da mesma geração. Eu ficarei a ver…”