Nadal e a derrota de Federer: «Lamento, mas não se pode ganhar sempre»

Rafael Nadal garantiu esta quarta-feira a qualificação para as meias-finais de Wimbledon num dos melhores encontros dos últimos tempos, ao bater Juan Martín Del Potro, em cinco sets e quase cinco horas, e em conferência de imprensa após o encontro não fugiu ao assunto da eliminação de Roger Federer diante de Kevin Anderson nos quartos-de-final.

“Lamento pelo Roger, mas não se pode ganhar sempre, nem ele! Foi um dia complicado para o Federer, ainda mais tendo match points, mas há que dar o mérito também ao Kevin Anderson. Parabéns para ele”, disparou o maiorquino em conferência de imprensa.

O maiorquino de 32 anos já tinha dito que preferia não ter de defrontar Roger Federer numa eventual final, ainda que tenha admitido que essa ideia seria… emocionante.