Serena revela: «Fiquei tão lixada que abandonei as minhas raquetes em França»

Mais do que ganhar, Serena Williams detesta perder. A número um mundial não esconde o desdém que sente pela derrota – sentimento transversal aos grandes campeões – mas a verdade é que nem sempre temos provas dadas de que assim é.

Desta vez, Serena decidiu ser completamente honesta e admitiu que ficou profundamente frustrada com a derrota na final de Roland Garros, no último sábado, diante de Garbine Muguruza. “Arranjei um tempo para ser completamente sincera. Depois da final em Paris, que foi fantástica para toda a gente no planeta menos para mim… eu fiquei mesmo lixada”, começa por relatar.

“Pensei que podia ter feito tudo cinco vezes melhor, e não fiz. Fiquei tão zangada que abandonei as minhas raquetes em França, depois de arremessar contra o chão o saco das raquetes algumas vezes. Se estava a jogar assim tão mal, então talvez não precisasse das raquetes”, explicou.

Emoções intensas que resultaram da tentativa falhada de conquistar o 22.º Grand Slam e igualar o recorde de Steffi Graf, mas que foram geridas de forma a olhar para o que se avizinha com otimismo. Sozinha no court para treinar, mas acompanhada pela intensa vontade de melhorar. “Às vezes, temos de trabalhar ainda mais arduamente. Estou aqui sozinha, porque, por vezes, é quando estás por tua conta que as melhores coisas acontecem”.

 

Sobre o autor
- Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *