Mauresmo faz história e é a primeira mulher a dirigir a seleção francesa de ténis

Amélie Mauresmo, antiga número um mundial e vencedora de dois títulos do Grand Slam, vai suceder a Yannick Noah no cargo de selecionadora francesa da Taça Davis a partir de 2019. A gaulesa já havia dirigido a seleção da Fed Cup durante três anos e tem experiência de trabalho no circuito masculino, já que orientou Andy Murray no passado.

O novo capitão da Fed Cup francesa, que também ficou sem líder (era igualmente Noah) é o ainda ativo Julien Benneteau, que se vai retirar do ténis nos próximos meses para se dedicar a cem por cento a essa nova tarefa.