Lleyton Hewitt: «Ainda poderia jogar singulares»

Lleyton Hewitt está em forma. Ninguém nos disse, comprovámos isso mesmo aquando da sua passagem pelo Millennium Estoril Open, há menos de três meses. Em entrevista ao Telegraph, o antigo número, que tem jogado pares depois de ter decidido meter um ponto final em singulares, em 2006, confessou que o plano passa por aproveitar enquanto pode, porque, afinal de contas, ainda é viciado em ténis.

“Vou aproveitar enquanto o meu corpo poder, porque sinto que ainda estou mentalmente preparado para treinar e manter-me em forma, por isso é sair para o court e tentar”, disse o campeão de dois títulos do Grand Slam.

“Acho que ainda sou viciado em ténis. Ainda me sinto competitivo quando estou no court. Adoro competir, seja no que for. Jogo basquetebol para mais de 35 anos em Melbourne, às quartas-feiras,e ainda dou luta. No ténis, há alturas em que eu acho que ainda poderia jogar singulares, ainda consigo bater bem na bola”, acrescentou o australiano de 37 anos.