Kyrgios: «Só podemos dar conta do recado até nos cruzarmos com Federer, Nadal ou Djokovic»

Nick Kyrgios está bem e recomenda-se, tendo passado com sucesso os obstáculos que se lhe surgiram em Wimbledon até ao momento, mas o australiano de 23 anos sabe que é nas rondas mais adiantadas do torneio que mora o verdadeiro perigo.

“O Nova [Djokovic] parece estar muito confiante”, começou por dizer o número 18 mundial à imprensa presente nos subúrbios de Londres. “O Rafa [Nada] bateu um adversário muito duro em relva, o [Mikhail] Kukushkin. É preciso estar muito forte para o derrotar em três sets. E o [Roger] Federer está a partir em bocadinhos os adversários”, continuou.

“Não sei se podemos fazer muita coisa. Só podemos dar conta do recado até nos cruzarmos com eles. Temos de jogar ao nosso melhor nível, e se isso não for suficiente, não é. Não podemos fazer grande coisa”, frisou Kyrgios, que vai defrontar na terceira ronda Kei Nishikori.