Kyrgios: «Federer e Nadal são de loucos»

Apelidado de louco pelo seu comportamento pouco ortodoxo no court, Nick Kyrgios considera que a insanidade não é exclusividade sua. Para o australiano de 23 anos, a forma como Roger Federer e Rafael Nadal vão continuando a encarar o ténis depois de tantos anos no circuito e de tantos títulos e recordes conquistados “é de loucos”.

“O ténis é tão físico. Eu fico dorido só de jogar três encontros seguidos”, disse Kyrgios em declarações ao ‘Express’. “Não sei se conseguirei continuar a jogar quando tiver 28 anos. Que idade é que ele [Federer] tem? 36 anos, isso é insano. Eles são tão profissionais, fazem de tudo para ir a todas, é demasiado bom”, continuou

Atualmente na 18.ª mundial e um dos nomes mais sonantes do ténis atual, Kyrgios admite ter-se inspirado em jogadores como Federer e Nadal, tendo assistido ao brutal duelo entre os dois em Wimbledon 2008. “Foi um encontro duro, o nível foi inacreditável. Vemos os dois jogarem e são totalmente o oposto”.

“O Roger sabe como jogar com o Nadal, mas frente-a-frente não lhe é favorável. Adoro vê-los jogar, os estilos de ambos são completamente diferentes. Foi bom ver o Rafa conseguir vencer contra o Roger, principalmente na relva. Foram dois sets impecáveis e depois o Roger venceu os dois seguintes. Manter-se firme e vencer o quinto set foi impressionante”, concluiu KKyrgios, relembrando a final de 2008, que terminou em  6-4, 6-4, 6-7(5), 6-7(8) e 9-7 a favor de Nadal.