João Sousa: «Não joguei a um bom nível e ele foi muito fiel ao seu estilo de jogo»

João Sousa foi afastado este sábado à noite na segunda ronda do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, num compromisso diante do experiente alemão Mischa Zverev, de 29 anos e 33.º do Mundo, em que cedeu em parciais diretos, por 6-4 e 6-3. Após a derrota, o número um português admitiu o facto de não ter exibido o seu melhor ténis e elogiou o jogo peculiar do opositor.

“Infelizmente hoje as coisas não correram bem. Um encontro em que não joguei a um bom nível, ele foi muito fiel ao seu estilo de jogo (serviço, rede), a pressionar muito o adversário tanto no serviço como na resposta e não me deixou fazer o meu. Também não consegui fazer o meu jogo mesmo quando tive algumas oportunidades”, começou por dizer Sousa, 37.º do ranking mundial.

“Dispus de algumas oportunidades para lhe quebrar o serviço, no segundo ‘set’, mas infelizmente não o consegui fazer. Ele esteve muito bem no serviço, serviu bem, portanto só me resta dar-lhe os parabéns”, disse o vimaranense, que procurava alcançar a terceira ronda em Indian Wells pela primeira vez na carreira.

“Agora vou preparar da melhor maneira o próximo torneio, que é Miami”, rematou João Sousa, que, tal como o compatriota Gastão Elias, disputa a partir de 22 de março o quadro principal do Masters 1000 norte-americano, no qual chegou à terceira eliminatória em 2016.