Isner dispara 64 ases e volta a fazer história em Wimbledon

John Isner parece destinado a fazer história em Wimbleodn, mesmo que isso implique salvar match points, como aconteceu nesta quarta-feira. O norte-americano de dois metros e oito centímetros derrubou Ruben Bemelmans por 6-1, 6-4, 6-7(6), 6-7(3), 7-5 a caminho da terceira ronda, num encontro em esteve à beira da derrota em duas ocasiões e em que disparou 64 ases.

Com este registo, Isner torna-se no terceiro jogador que mais ases arremessou no Grand Slam inglês num encontro. Quem ocupa o primeiro lugar da lista. Alguém de seu nome… John Isner. Nem mais. No seu embate com Nicolas Mahut, em 2016, o número 10 mundial fez 113 ases, ao passo que o francês disparou 103, seguindo como o segundo jogador com mais ases da história em Wimbledon.

na terceira ronda, isner vai defrontar Radu Albot, número 98 da classificação.