Isner bate Raonic e atinge primeira meia-final de Grand Slam aos 33 anos

A temporada de 2018 está a ser verdadeiramente inesquecível para John Isner: depois do primeiro título Masters 1000, em Miami, o norte-americano de 33 anos alcançou esta quarta-feira a qualificação para a sua primeira meia-final de Grand Slam da carreira, ao bater o canadiano Milos Raonic numa enorme batalha de servidores.

Num duelo naturalmente dominado pelos serviços — não houve qualquer ponto de break nas duas primeiras partidas — John Isner conseguiu subir o nível exibicional a partir do terceiro set para triunfar por 6-7(5), 7-6(7), 6-4 e 6-3 para garantir um lugar entre os quatro melhores no sudoeste de Londres.

Isner defronta agora Kevin Anderson, na meia-final mais alta da história dos torneios do Grand Slam.