Hewitt e Kyrgios ganham wildcard para o Queen’s Club

A experiência não é inédita, mas continua a ser altamente aliciante. Lleyton Hewitt, antigo número um mundial e atual capitão da Taça Davis, e Nick Kyrgios, número um australiano, vão unir forças na relva do Queen’s Club, a partir de 18 de junho.

A dupla australiana, que junta duas gerações diferentes, recebeu um wildcard da organização, depois de terem partilhado o court na Rogers Cup 2015, em Montreal. O antigo número um mundial e campeão de dois títulos do Grand Slam, que foi a grande atração da edição deste ano do Millennium Estoril Open, venceu o tradicional torneio inglês por quatro vezes, uma delas em 2000, quando derrotou Pete Sampras.

“As lembranças que tenho dessa final, quando era adolescente, estão ainda bem vivas”, disse o australiano de 37 anos, campeão em Wimbledon em 2002. “A relva está sempre impecável e eles [organização] cuidam dos jogadores, é um torneio muito especial para mim. Ainda adoro competir, ainda consigo jogar alguma coisa, e ter a oportunidade de ir para o court ajudar outro australiano deixa-me muito satisfeito”.

Quanto a Kyrgios, não compete desde o torneio de Houston, nos EUA, quando perdeu para Ivo Karlovic nos quartos-de-final, em meados de abril.