Cilic e Muller confirmam forma e Nishikori faz o que já não fazia há quase dois anos

Marin Cilic e Gilles Muller, dois dos jogadores em melhor forma durante a temporada de relva, confirmaram esta sexta-feira o bom momento de forma com que chegaram a Wimbledon e apuraram-se para os oitavos-de-final do quadro masculino, carimbando assim o passaporte para a segunda semana de competição no All England Club.

O croata despachou o norte-americano Steve Johnson no encontro de abertura do Court n.º 1, por 6-4, 7-6(3) e 6-4, ao passo que o luxemburguês despachou o britânico Aljaz Bedene, por 7-6(4), 7-5 e 6-4, apurando-se para a segunda semana de Wimbledon pela primeira vez na carreira.

Em sentido inverso, Kei Nishikori deu continuidade à sua época discreta em 2017 e foi eliminado na terceira ronda de Wimbledon, diante do espanhol Roberto Bautista Agut, por 6-4, 7-6(3), 3-6 e 6-3. Num encontro de alto nível, com o espanhol a fazer uma das suas melhores exibições da carreira, o nipónico cometeu demasiados erros não forçados em alturas importantes.

Nishikori, que é o segundo top 10 masculino a perder em Wimbledon – depois de Stan Wawrinka – não perdia na primeira semana de um Majors desde o US Open em 2015.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.