Wawrinka aceitou pedido de assistência de Djokovic mas alerta: «Há quem abuse»

Stan Wawrinka garantiu esta quarta-feira não ter ficado zangado com o pedido de assistência médica de Novak Djokovic a meio do quarto set da final do US Open, mas lembra que há vários jogadores que abusam das regras e utilizam este tipo de pausas para quebrar o ritmo.

“Surpreendeu-me pelo timing. Há jogadores que abusam neste tipo de paragens, mas também temos de compreender que por vezes há muita dor. Tentas continuar, mas depois de um par de pontos, paras. É complicado”, assumiu o campeão do último major de 2016

Stan ficou ainda mais surpreendido com a segunda assistência médica ao número um mundial. “Normalmente só se pode ser assistido uma vez à mesma lesão, mas percebi que era porque ele estava a sangrar. Não tive problema nenhum com isso”.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *