Thiem admite erros no calendário: «Nunca pensei que ganharia tanto»

69 encontros e 52 vitórias depois…o corpo de Dominic Thiem está finalmente a começar a ceder às exigências de uma primeira metade de temporada louca. O jovem austríaco, número 10 do ranking ATP, que até meados de junho ganhou quatro títulos, fez seis finais e alcançou nove meias-finais, viu-se forçado a desistir esta segunda-feira nos oitavos-de-final do US Open, quando perdia por 6-3 e 3-2 diante de Juan Martín Del Potro, devido a uma lesão no joelho direito.

“Foi o meu joelho. Penso que foi porque estou com bolhas nos meus dedos do pé direito e há vários dias que não apoio bem o pé ao correr e isso criou problemas no joelho. Quando comecei o encontro não me doía tanto, mas depois tornou-se insuportável. Há três dias que não consigo dobrar o joelho e agora preciso de fazer exames”, confessou o austríaco, em conferência de imprensa.

A jogar o seu 21.º torneio, Dominic Thiem admite que a primeira metade da temporada foi um erro em termos de programação, mas admite que nunca pensou que chegaria tão longe em tantos torneios. “Sinceramente nunca pensei ganhar tantos encontros, as coisas acabaram por acontecer assim. Claro que para o ano vou fazer algumas alterações no meu calendário”.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *