‘Stanimal’ forte demais para um Nishikori cansado faz história pessoal em Nova Iorque

Pelo terceiro ano consecutivo, Stan Wawrinka vai jogar a final de um torneio do Grand Slam. Depois de ter ganho o Australian Open em 2014 e de ter conquistado Roland Garros em 2015, o suíço de 31 anos está de regresso ao encontro de discussão de um grande título, desta feita no US Open, depois de estar sexta-feira ter derrotado Kei Nishikori nas meias-finais, por 4-6, 7-5, 6-4 e 6-2.

Wawrinka fez a sua melhor exibição do torneio, mas foi, ainda assim, totalmente dominado durante a primeira hora do encontro e viu Nishikori chegar rapidamente à vantagem de 6-4, 2-0. Stan não desistiu, foi mudança alguns aspetos no seu ténis e viu Nishikori não só quebrar fisicamente de forma clara – na ressaca de quatro intensas horas diante de Andy Murray -, como desperdiçar demasiadas oportunidades (4/15 em pontos de break) para um encontro deste título.

Ainda que longe do nível que jogou para atingir as suas duas finais de Grand Slam anteriores, Wawrinka chega a domingo em crescendo de forma para encarar um Novak Djokovic que sabe o que é perder um grande título para o suíço. Stanimal venceu, aliás, todas as últimas 10 (!) finais que disputou, incluindo a final de Roland Garros 2015, onde negou o Grand Slam de carreira ao sérvio, e nunca perdeu qualquer final em majors.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.