Lesão no dedo de Djokovic é mais grave do que inicialmente se pensou

A lesão no dedo do pé que levou Novak Djokovic a pedir assistência durante o quarto set da final do US Open, diante de Stan Wawrinka, deverá ser mais grave do que inicialmente se pensava, obrigado a uma paragem durante alguns dias.

O sérvio, de 29 anos, terá de remover por completo uma das suas unhas, o que o impedirá de treinar a cem por cento até ao final do mês, o que ainda assim não deverá impedi-lo de cumprir o calendário inicialmente definido para esta reta final do ano.

Djokovic, número um mundial, regressa aos courts na semana de 3 de outubro para o ATP 500 de Pequim, na China.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *