Djokovic: «Lesões? Não quero arranjar desculpas, ele foi melhor e ganhou»

Novak Djokovic foi derrotado este domingo pela nona vez em 21 finais de torneios do Grand Slam, ao cair diante do suíço Stan Wawrinka, em quatro sets, na discussão do título do US Open. Com alguns problemas físicos ao longo da semana, o sérvio viu aparecer-lhe um novo problema – no dedo de um pé – durante a final, mas tentou que esse não fosse assunto da conferência de imprensa pós derrota.

“Não queria falar sobre isso, sinceramente. Entendo as vossas perguntas, mas eu não quero arranjar desculpas. O Stan foi melhor, ganhou e ganhou bem. Não é necessário falar mais neste assunto”, disparou em conferência de imprensa, após admitir que já se sentiu surpreendido por chegar à final do US Open, tendo em conta que 9 dias antes não sabia se iria”, confessou o sérvio.

Nole fez ainda uma curta análise à sua temporada até ao momento. “Ganhar os quatro Grand Slams seguidos foi muito especial. Ganhei dois dos quatro majors da temporada, fiz final em mais um, por isso foi uma boa época. Não é a primeira nem será a última vez que perco uma final importante…”

 

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *