Schiavone inspira-se em Federer e nas irmãs Williams e afasta cenário de retirada

Foi desta forma bizarra que Francesca Schiavone colocou em risco o início da sua próxima temporada. A italiana escorregou numa cola e torceu o pé esquerdo durante uma sessão de treinos, uma lesão que poderia ser fatal para as suas aspirações aos 37 anos mas que, aparentemente, não serviu para a travar no arranque de 2018, tal como confirmou a própria através do Facebook.

Vou inscrever-me no Open da Austrália de 2018 e vou começar a treinar novamente”, escreveu Francesca Schiavone, atual número 92 da hierarquia mundial, na sua conta oficial do Facebook, afastando assim qualquer cenário de fim de carreira. Na altura em que partilhou o vídeo da queda, a transalpina afirmou a necessidade de ficar afastada dos courts durante pelo menos um mês, e ao que parece não será necessário um tempo de descanso mais alargado.

Ainda na mesma mensagem, Schiavone diz ter-se inspirado “no Roger, na Serena e na Venus”, para além de manter “o crescimento constante e o prazer por este desporto”. “Espero que o meu coração e o meu corpo corram em conjunto. Feliz 2018”, concluiu assim Schiavone, que em 2011 chegou à quarta posição da hierarquia mundial.

Sobre o autor
-

Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *