Roland Garros ainda não pensou no wild card para Sharapova

Campeã em 2012 e 2014, Maria Sharapova vai poder regressar aos torneios do Grand Slam na próxima edição do torneio de Roland Garros, o primeiro major a acontecer depois do fim da sua suspensão, agora reduzida para 15 meses.

A principal questão é que, para jogar, Maria Sharapova necessita de um wild card da organização, que em teoria não lhe deverá escapar. “Os convites são apenas decididos 15 dias antes do torneio. Há muito tempo para pensar sobre o assunto”, confessou o departamento de comunicação de Roland Garros em declarações à agência de notícias russa ‘TASS’.

Recorde-se que Maria Sharapova vai regressar aos courts sem qualquer ranking e não poderá utilizar ranking protegido, porque não esteve lesionada. A siberiana tem direito a um número ilimitado de wild cards, por ser campeã de Grand Slam, mas é preciso que os torneios lhe queiram oferecer.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *