Gonçalo Oliveira antevê duelo frente a Tomic: «Seria incrível conseguir entrar no quadro principal»

Gonçalo Oliveira, 221.º  classificado do ranking mundial ATP, qualificou-se esta quarta-feira para a terceira e última ronda da fase de qualificação de Roland Garros, ao derrotar o alemão Jan Choinski, em três parciais.

“Já tinha jogado contra o Jan. Conhecia-o bem e sabia que tinha boas possibilidades de ganhar, e joguei bem o primeiro e terceiro set.”, confessou Gonçalo Oliveira após o encontro ao Bola Amarela.

Gonçalo, que anteriormente a esta semana nunca tinha vencido qualquer encontro em torneios de Grand Slam, está a uma vitória de alcançar o quadro principal do Grand Slam parisiense. Mas para o conseguir terá de derrotar um adversário bem conhecido: Bernard Tomic.

Com os pés bem assentes na terra, Gonçalo Oliveira revela que o mais importante não é o adversário mas o chegar ao palco principal de Roland Garros: “Sei que tenho um encontro difícil contra o [Bernard] Tomic que já foi top 20, no entanto vou fazer o melhor que sei. Não sei se é o mais importante no entanto seria incrível conseguir entrar no quadro principal. Acho que a pressão está em ambos lados porque queremos estar a jogar o quadro principal.”

Sobre o autor
- A escrever por aqui desde 2011.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.