Federer admite pela 1.ª vez que pode não jogar Roland Garros: «Vamos ver como vai estar o meu humor»

Roger Federer, campeão do Australian Open, Indian Wells e Miami em 2017, abdicou de participar em toda a temporada de terra batida, com a exceção de Roland Garros… até ver. Em declarações à ‘CNN’, o suíço de 35 anos admitiu pela primeira vez que jogar em Paris está longe de ser certo.

“Não acho que eu vá desistir, mas tenho de ver, vamos ver em quatro ou cinco semanas como eu me vou sentir para entrar na terra batida e como estará meu humor. Acho que se eu não estiver 100% e se não estiver muito empolgado, será melhor desistir. Digamos que não ir ainda é uma opção”, assumiu o campeão de Roland Garros em 2009.

Federer também não se vê a lutar pela liderança do ranking. “Acho que não consigo, embora gostasse. Com 23 anos podia garantir que iria jogar pelo menos 20 torneios no ano e assim as chances de ser número um aumentariam bastante”.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *