Afinal, o Presidente da Federação Francesa quer reunir com Sharapova sobre Roland Garros

Está instalada a confusão no seio da Federação Francesa de Ténis (FFT), entidade que organiza o torneio de Roland Garros. Depois de ter dito que não via com bons olhos a atribuição de um wild card a Maria Sharapova, campeã da prova em 2012 e 2014, Bernard Giudicelli, o novo presidente da FFT, vem agora dizer que, afinal, está interessado em reunir com a antiga número um mundial, que está suspensa por doping até 26 de abril.

“O empresário dela ligou-me. Queremos reunir com a Maria, ouvir os seus argumentos, a sua história e depois tomaremos uma decisão em conjunto com o Guy Forget, que é o diretor do torneio”, esclareceu o presidente.

Recorde-se que Roland Garros tem oito wild cards para distribui, sendo que dois já estão atribuídos por intercâmbio com as Federações da Austrália e dos Estados Unidos.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *