Emanuel Couto: «É talvez a vitória mais inesquecível para o Duarte»

Emanuel Couto, antigo campeão nacional que disputou o Australian Open enquanto jogador, está de regresso a Melbourne para acompanhar o jovem tenista português Duarte Vale, que esta quinta-feira se qualificou para a final de pares juniores do primeiro Grand Slam da temporada. No final do encontro, o técnico que dirige o EVO Team, projeto na Quinta da Moura, estava feliz.

“Foi uma grande vitória! Talvez a mais inesquecível para o Duarte. O jogo foi um pouco estranho com várias quebras de serviço de parte a parte. O Duarte e o Finn entraram bastante tensos e apagados no encontro mas conseguiram subir o nível e o ânimo no final do 1º set. No 2º quando tudo parecia resolvido (5-2), a história voltou a repetir se mas ao contrário. Souberam aguentar se jogaram muito bem o tiebreak”, contou-nos logo após o duelo das meias-finais. 

Esta sexta-feira… é dia de final! “Amanhã vai ser com certeza um dia e um jogo especial e é um orgulho enorme termos um jogador numa final de um Grand Slam. Agora é desfrutar da vitória de hoje e mentalizar que amanhã será mais uma final para dar o máximo e tentar ganhar”.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *