Duarte Vale fica pelos ‘oitavos’ de singulares do Australian Open após batalha de quase três horas

Duarte Vale, múltiplo campeão nacional de escalões juvenis e atual número 16 mundial de juniores, foi eliminado esta quarta-feira ao início da madrugada nos oitavos-de-final de singulares do Australian Open, numa batalha muito dura, disputada debaixo de calor abrasador.

Numa longa e intensa batalha, o jovem que treina habitualmente na Quinta da Moura e que está a ser acompanhado na Austrália por Emanuel Couto, foi derrotado pelo cipriota Menelaos Efstathiou, número 125 do ranking mundial de sub-18 e a maior surpresa do torneio até ao momento, por 6-7(1) e 6-4 e 6-4, em 2h40 de encontro. Vale ainda chegou a comandar por 7-6 e 4-2, mas a capacidade de luta de Efstathiou, que foi subindo de nível e de agressividade, acabou por fazer a diferença.

O último tenista português a atingir uns quartos-de-final num major em singulares foi Gastão Elias, quando em 2007 atingiu o top 8 em Wimbledon, após bater nos oitavos-de-final o agora bem famoso… Marcus Willis. Um registo que Duarte Vale tentará superar nos próximos três Grand Slams.

Vale regressa ainda esta quarta-feira ao court, para disputar os quartos-de-final de pares ao lado do seu amigo neozelandês Finn Reynolds.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *