A temporada de 2015 para Genie Bouchard estava longe de estar a correr bem, mas a jogadora canadiana teve um final que não lembra a ninguém ao escorregar no chão de um corredor durante o Open dos Estados Unidos, o que levou ao cancelamento da sua presença numa série de eventos. Dois meses e meio depois, a concussão já não é tão grade mas, mesmo assim, Bouchard prefere manter os pés assentes no chão e não dar um prazo quanto ao seu regresso ao circuito.

A entrevista foi dada ao canal CP24 durante um evento promocional da Nike, onde Bouchard era a grande estrela. “Ainda não sei”, comentou Bouchard sobre o primeiro Grand Slam da temporada, “prefiro não tecer quaisquer comentários ou fazer compromissos em relação a isso. Estou apenas a fazer o meu melhor para ficar saudável e, sim, permanecer positiva”.

Uma coisa é certa: escolha competir ou não em Melbourne, onde defende os pontos relativos aos quartos-de-final, Bouchard vai mesmo ficar fora do lote de cabeças-de-série. Apesar das incertezas, a jogadora de 21 anos refere que está “bem” e sobretudo “muito ansiosa para ficar saudável e competir no próximo ano. É todo um processo”.

Em entrevista à TSN, o advogado de Bouchard, Benedict Morello, disse que a sua cliente tem sentido concussões desde há duas semanas e meia para cá e teve de repetir os procedimentos médicos para garantir que poderia regressar aos treinos na Florida sem problemas.

Depois de séries de derrotas que pareciam não ter fim à vista, o que levou ao despedimento de Sam Sumyk como treinador depois da contratação feita no início do ano, Bouchard enfrenta agora um outro tipo de adversidade para regressar aos triunfos no circuito feminino.

Sobre o autor
-

Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *