Becker diz que Djokovic negligenciou a sua preparação para Wimbledon

Mais do que ao seu jogador, Boris Becker tem demonstrado ser fiel a si próprio, dizendo constantemente o que lhe vai na alma. Desta vez não foi diferente, com o treinado de Novak Djokovic a revelar-se pouco surpreendido com o afastamento precoce do sérvio em Wimbledon.

Para o alemão de 48 anos, antigo número um mundial e campeão de 12 títulos do Grand Slam, Djokovic não se terá empenhado o suficiente na sua preparação para a prova inglesa, que arrancou apenas cerca de 20 dias depois de se ter sagrado campeão de Roland Garros.

“Depois da sua vitória em Paris, todos o felicitaram”, começou por dizer, conforme se por ler no site “Ubitennis”.  “Penso que ele se deixou ir um pouco e acabou por descurar a preparação para Wimbledon”, defendeu Becker.

Uma atiude normal para o ex-jogador germânico, tendo em conta a pressão e o desmedido desejo de Djokovic conquistar o único Grand Slam que não constava do seu palmarés. “Novak ainda é de carne e osso”, lembrou Becker.

Sobre o autor
- Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *