Após perder nas meias-finais de Wimbledon, Berdych compara Federer… a um Deus

Tomas Berdych foi derrotado nas meias-finais de Wimbledon pelo segundo ano consecutivo, diante do suíço Roger Federer, por 7-6(4), 7-6(4) e 6-4, e no final do encontro foi questionado sobre o que diria aos deuses do ténis se estes lhe viessem perguntar quais as fraquezas do ténis de Roger Federer?

“Se os deuses me viessem perguntar isso provavelmente seria o próprio Roger a perguntar-me”, disparou o checo em conferência de imprensa, fazendo uma analogia entre o campeoníssimo helvético e… os tais deuses.

O checo disparou depois ainda mais elogios sobre o suíço. “Ele apenas continua a provar o quão grande é. Parece que nunca envelhece nem se torna mais lento”.

Sobre o autor
-

Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *