Antigo campeão do Australian Open confessa em tribunal ter perdido um set de propósito

Oliver Anderson, campeão do Australian Open de juniores em 2016 e uma das maiores promessas do ténis australiano, dificilmente voltará a jogar ténis nos próximos tempos. O jovem de apenas 19 anos admitiu esta quarta-feira em tribunal ter combinado um resultado num Challenger em Traralgon, na Austrália, em 2016.

O jovem terá sido abordado por um amigo, que lhe pediu que perdesse o primeiro set do seu encontro frente a um jogador de ranking inferior, para que assim ambos pudessem lucrar num valor muito superior ao oferecido ao campeão daquele torneio. E… assim foi, só que a experiência acabou da pior forma para Anderson.

Sobre o autor
-

Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *