Gilles Muller: «Mandei o meu filho pedir um autógrafo ao Rafael Nadal»

O homem que abanou o torneio de Wimbledon esta segunda-feira, ao derrotar Rafael Nadal em cinco estrondosas partidas, deu sinais de que, aos 34 anos, está cá para dar e durar quando passou pelo nosso país há dois meses, recusando-se a parar antes da final do Millennium Estoril Open 2017.

Nessa sua (e nossa) bem-aventura semana, ficámos a saber que Gilles Muller é um discreto matulão com doses bem generosas de simpatia e que quando se trata de fazer revelações está por aí.

O luxemburguês de sorriso fácil, que roubaria o serviço a Ivo Karlovic, se pudesse, contou, por exemplo, que incumbiu o seu filho de seis anos de pedir um autógrafo ao jogador há alguns meses, quando estava ainda longe de saber que o viria a derrotar em pleno All England Club, para alcançar os quartos-de-final de um Grand Slam pela segunda vez na sua carreira.