Frederico Silva avança em pares após ganhar 'match tiebreak' com… 40 pontos

É certo que Frederico Silva foi eliminado na primeira ronda de singulares do torneio challenger de Poznan, Polónia, mas na variante de pares seguiu um rumo distinto. O número três português e 253.º classificado do ranking mundial precisou nada mais, nada menos do que salvar seis match points e disputar 40 pontos no match tiebreak para seguir aos quartos de final, ao lado do espanhol David Perez Sanz.

Num encontro com a duração de 1h22 e visivelmente pautado por um equilíbrio constante, a dupla ibérica desembaraçou-se dos jogadores locais Hubert Hurkacz e Jan Zielinski, oriundos da fase de qualificação, e venceu pelos parciais de 3-6, 6-0 e… uns incríveis 21-19 na decisão final.

Esta manhã, Frederico Silva já havia atuado na vertente individual, mas acabou por sair de cena perante o espanhol Pere Riba, ex-top 100 ATP e atual 194.º colocado, que defende o estatuto de quarto cabeça de série. 6-1 e 7-6(4), em 1h35, foram os parciais que ditaram o afastamento do caldense.