Frederico Marques: «O meu único objectivo é que seja melhor pessoa e jogador»

O treinador de João Sousa, Frederico Marques, não esteve em court durante a final do Millennium Estoril Open, não devolveu os agressivos serviços de Frances Tiafoe, não fez o magistral lob que o norte-americano sofreu, nem tão pouco assinou um inside-in ou passing shot. Mas foi como se tivesse estado, tal é a ligação, empatia e trabalho que Frederico Marques e o Conquistador têm vindo a desenvolver ao longo dos anos. O sentido e emotivo abraço entre os dois, no final do encontro, foi prova disso mesmo, de reconhecimento mútuo e partilha do momento histórico.

“Dedico-me a 100% à carreira do João. O meu único objectivo é que seja melhor pessoa e jogador todos os dias. Quando existe dedicação máxima os resultados aparecem, só é preciso persistir, e o fruto do nosso trabalho que é árduo todos os dias, culminou hoje com esta vitória tão gratificante”, afirmou ao Bola Amarela, defendendo ser “uma sempre especial e mais quando se joga em Portugal perto de amigos e família.”

 E se João Sousa já havia partilhado o mérito da conquista do título com a equipa técnica, família, namorada e todos os que o apoiaram, Frederico Marques destaca a importância do feito alcançado para o futuro do tenista português. “Quando o João venceu o último ponto senti uma enorme alegria. Sensação de recompensa depois de tantas horas de estudo, trabalho e dedicação nos últimos meses e anos. O mais importante não é o sítio onde se ganha mas sim o que se ganha. É um torneio ATP. Não acontece todos os dias e temos que desfrutar uns dias, mas não mais que isso”, avança o treinador, lembrando que a carreira do seu jogador e amigo não termina no Millennium Estoril Open.

Falta mais trabalho e evolução em vários aspetos. Voltaremos ao top-50 e ainda estamos longe do sítio onde desejamos estar. Mas, quando temos a tática bem definida e estamos bem fisicamente, a ansiedade é mais fácil de controlar”, justificou o treinador do campeão, enaltecendo “as muito boas vitórias e bom nível de jogo nos últimos dois meses.”