Viva o luxo: organização do torneio de Doha oferece iPhone 7 de presente aos jogadores

Com um total de prémios monetárias superior a 1,3 milhões de dólares, a luxuosa lista de jogadores e todas as pomposidades e requintes vistos nas bancadas, não há dúvidas de que o torneio de Doha, a decorrer esta semana, um dos melhores eventos ATP 250 do mundo. Nesta segunda-feira, Dustin Brown mostrou ao mundo apenas mais uma razão que leva os jogadores a viajar até ao Qatar antes de rumarem à Austrália para o primeiro Grand Slam do ano: as prendas dadas aos jogadores são, também elas, um verdadeiro luxo.

O carismático jogador alemão carimbou nesta terça-feira a passagem aos oitavos-de-final depois de uma vitória em três sets perante Facundo Bagnis e nem queria acreditar naquilo que tinha à sua espera depois do encontro: um iPhone 7 jet black, a versão mais cara no mercado. Com os devidos agradecimentos feitos à organização do torneio, este parece ser um dos presentes que os participantes da prova recebem – o que, se tivermos em conta o preço do equipamento (890€) multiplicado pelos 32 jogadores só do quadro principal, resulta num gasto a rondar os 29 mil euros no “kit de boas-vindas”.

https://twitter.com/DreddyTennis/status/815949377109970945

Para além do seu novo smartphone, Dustin Brown já garantiu também um cheque de 20 mil dólares pela passagem à segunda ronda, onde irá encontrar o vencedor do duelo entre Jo-Wilfried Tsonga e Andrey Kuznetsov.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *