Sergiy Stakhovsky: «O prize-money devia ser o quádruplo em todos os torneios»

Conhecido pelo seu estilo irreverente, e algo polémico, no que toca à relação com os media, Sergiy Stakhovsky não deixou os seus créditos por mãos alheias numa recente à Sports Klub em Wimbledon. O ucraniano falou de algumas mudanças que gostaria de ver implementadas no ténis mundial.

“O prize-money devia ser o quádruplo em todos os torneios, especialmente num torneio bem-sucedido como Wimbledon. Penso que os jogadores que perdem na primeira ronda deveriam receber €100.000. Se queres manter o ténis vivo e competir com o futebol, temos que atrair os jovens”, começa por referir o número 122 mundial que, completa a sua ideia com um exemplo.

“Quando eles vêm que no futebol podem ganhar milhões, mesmo ficando no banco, e que no ténis apenas fazem muito dinheiro se estiverem no top-100, é lógico que escolhem o futebol”, completa.

Também o formato da Taça Davis, que irá contemplar uma final em campo neutro, também não escapou da mira do ucraniano. “É catastrófico! Se não estou errado, todos os membros do Player’s Council disseram que não era uma boa decisão porque penso que jogar em casa é importante para alguns jogadores e para a Taça Davis enquanto competição”.

Sobre o autor
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *