Rafael Nadal: “A minha temporada começou mais tarde do que gostaria, mas é o que há.”

Rafael Nadal não admite estar totalmente pronto para regressar à competição no circuito profissional, mas diz que tem estado a treinar cada vez mais a recuperar os seus ritmos competitivos. O espanhol participou na competição do Tie Break Tens, na Austrália, onde perdeu na final para o checo Tomas Berdych.

“Estou a ter uma evolução muito boa”, comentou Nadal, depois da prova. “Tenho treinado um pouco melhor a cada dia e com bons jogadores, pelo que me estou a ver a competir mais ou menos bem. Chegarei ao primeiro encontro e veremos o que se pode passar, porque passei muito tempo sem jogar. Para além disso, a minha temporada começou um pouco mais tarde do que gostaria, mas é o que há.”

Ausente dos courts há cerca de dois meses, Nadal diz que “senti uma evolução muito grande” desde que retomou os treinos. Agora, falta “recuperar a rotina de mover-me bem, jogar com agressividade adequada e recuperar os automatismos”. Para lá chegar, o número um do mundo é conclusivo: “Isto só se consegue com treinos e encontros”.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *